Caso ocorreu no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas. Segundo a polícia, homicídio teria sido motivado por vingança. Suspeito de estuprar criança em Teixeira de Freitas foi morto por colega de cela
Divulgação/Polícia Civil
O homem preso em 2019 suspeito de estuprar uma criança de 10 anos no município de Teixeira de Freitas, sul da Bahia, foi morto dentro da cela que ocupava no Conjunto Penal da cidade, na terça-feira (29).
Segundo informações da Polícia Civil, o homem, identificado como Valmir Domingas de Jesus, de 32 anos, foi estrangulado pelo companheiro de cela, que confessou o crime.
Ainda segundo a polícia, o suspeito disse que o homicídio teria sido motivado por vingança. Não há informações, entretanto, sobre os detalhes da motivação.
Foram expedidas guias de perícia no local do fato e de remoção do corpo. Laudos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) complementarão as investigações.
Criança estuprada
Valmir Domingas de Jesus foi preso em 26 de setembro de 2019, três dias após o crime. Segundo a polícia, a criança de 10 anos foi estuprada ao sair de casa para ir na padaria.
A delegada Valéria Chaves disse na época que a vítima foi abordada no caminho da padaria e levada para uma casa que estava em obras. Após o crime, o suspeito fugiu em um mototáxi.
Câmeras de segurança flagraram o suspeito fugindo do local, e Valmir foi identificado após o mototaxista prestar depoimento na delegacia. O suspeito teve o mandado de prisão cumprido na cidade de Aracruz, no Espírito Santo.
A delegada destacou, na ocasião da prisão, que Valmir era conhecido da família da vítima e já tinha ameaçado a criança de morte. Disse ainda que Valmir já tinha passagem pela polícia por posse de arma e atentado violento ao pudor.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Assista ao Jornal da Manhã