Nove igrejas voltarão a realizar missas presencialmente. Pessoas que fazem parte do grupo de risco, crianças e diagnosticados com a Covid-19 não poderão participar das missas. Confira as últimas notícias da pandemia da COVID-19 em RO
As missas presenciais nas igrejas católicas de Guajará-Mirim (RO) serão retomadas a partir do próximo sábado (8). Elas estavam suspensas desde o dia 22 de março, por conta da pandemia do novo coronavírus. Para participar, os fiéis deverão cumprir com normas estabelecidas pela diocese.
A cidade tem 13 igrejas na zona urbana, mas inicialmente apenas nove serão reabertas. Para a realização das missas com a presença de fiéis, a Diocese de Guajará-Mirim estabeleceu regras para garantir a segurança de todos os participantes.
Nas igrejas, os fiéis deverão:
Usar máscara;
evitar contato físico;
evitar tocar olhos, nariz e boca, e fazer uso do álcool em gel para higienizar as mãos;
retirar a máscara somente no momento em que for receber a Santa Eucaristia;
levar sua garrafa de água;
manter a distância mínima de 2 metros entre fiéis.
Ainda segundo a Diocese, pacientes com suspeita ou diagnosticados com a Covid-19, assim como pessoas acima de 60 anos ou pertencentes ao grupo de risco, e crianças menores de 12 anos, não poderão participar das missas.
Para participar da missa na Catedral Nossa Senhora dos Seringueiros, os fiéis devem fazer uma inscrição na secretaria paroquial ou através do telefone (69) 3541-2391. Isso porque a capacidade de público, cumprindo as normas de distanciamento social, é de apenas 120 pessoas.
Já no caso da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, as missas serão celebradas no pátio da igreja, do lado de fora, e por isso não é preciso fazer inscrição.